Marcha da Maconha em Quadrinhos

18/04/2009

No dia 04 de maio de 2008 fui para a Marcha da Maconha de Salvador com a repórter Hortência Nepomuceno. A Marcha não aconteceu, pois estava proibida, mas isso não evitou que manifestantes aparecessem para reinvidicar seus direitos à livre expressão. A polícia, no entanto, estava presente e bem preparada para fazer valer as decisões judiciais. O que seguiu foi transformado em quadrinhos desenhados por Fabiano Gummo e publicados na Revista Fraude 6.

A revista pode ser acessada, para leitura online, no link: http://issuu.com/revistafraude/docs/fraude_6 ou pode ser adquirida através do email: marcelocaterpillar@gmail.com

Para ir direto para a HQ, acesse AQUI.

Para baixar a HQ: Rapidshare

Anúncios

Manu Chao, Lucas da Feira, Cultura LGBT e Gerúndio: novidades pré-carnaval

17/02/2009

O carnaval está chegando com a ótima notícia do trio elétrico em comemoração aos 40 anos de Novos Baianos, banda que recentemente teve sua origem contada em quadrinhos, na Revista Muito. Pepeu, Baby, Galvão e Paulinho estarão na Barra às 23:40 deste sábado (21/02) e às 14:30 do domingo (22/02). Devo aparecer para ver. Além dos Novos Baianos, tentarei ver o trio do Samba da Velha Guarda, com Edil Pacheco, Nelson Rufino e Valmir Lima, na segunda-feira (23/02), às 15:30 também na Barra.

Show de Manu Chao, em Salvador. Umas das poucas fotos que não tremeram em meio ao agito.

Show de Manu Chao, em Salvador. Umas das poucas fotos que não tremeram em meio ao agito.

Falando em shows, não há como não comentar o espetáculo promovido por Manu Chao & Radio Bemba, na sexta-feira passada. O show durou cerca de duas horas e meia de inflamação e agito non-stop. A banda inteira interagiu com o público, muitas vezes com Manu Chao em segundo plano. A sensação era a de que seríamos estuprados a qualquer momento pelo som contagiante e latino de Chao & Bemba. Torço pra que eles voltem para o Brasil! Com certeza, este já é o show do ano.

Bem, mas este é um blog sobre Hqs. Divulgo duas novidades, uma sobre o projeto Cultura LGBT e outro sobre a história de Lucas da Feira.

Projeto Quarto ao Lado: Ficção e Identidades em construção

Saiu hoje a lista dos projetos habilitados a disputar seleção no Edital Cultura LGBT, da Fundação Pedro Calmon. Fui habilitado com o Projeto Quarto ao Lado. A lista completa pode ser vista em: http://www.cultura.ba.gov.br/conteudo/apoioaprojetos/editais/downloads/edital-lgbt-1/attachment_download/file

Foram poucos os inscritos no Edital, isso aumenta as minhas esperanças de aprovação. Estou participando, também, do projeto Stonewall – 40 Anos De Resistência LGBT, como produtor.

Deixo aqui a sinopse da HQ, que contará com desenhos de André Leal.

Matias e Rafa são companheiros de apartamento. Ambos são universitários. Matias, ainda virgem, descobre-se gay e está prestes a assumir sua sexualidade para a família. Rafa é hetero e tenta reconstruir sua vida emocional às margens de um namoro recém terminado. Eles eram bons amigos até a noite em que dormiram juntos e fizeram sexo. Agora, não sabem nem como vão olhar um para a cara do outro.

Lucas da Feira no Pará

A revista paraense Catarse Quadrinhos convidou Marcos Franco, meu parceiro de quadrinhos, a escrever um roteiro de uma história fechada sobre Lucas da Feira. Ele me convidou para desenvolver o enredo e o texto juntamente a ele e estamos já fechando toda a história.

Em 11 páginas contaremos um dia na vida do bando de Lucas. Um dia de retornos a um passado cruel, um dia de amostras presentes da violência do cangaço e de um futuro incerto para os membros do bando de Lucas.

Ainda sem data prevista para o lançamento, a HQ será desenhada pelo paraense Adnilson Gomes.

Gerúndio, o adolescente bipolar

Uma novidade são as tirinhas do personagem Gerúndio, criado por mim e meu amigo mineiro, o músico Duke. Estamos criando tiras de diversos gêneros e gostos, muitas delas sem nenhuma pitada de humor. Gerúndio é um garoto bipolar com crises radicais, que é representado de maneira politicamente incorreta em suas aventuras. Fizemos a HQ sem pretensões humanitárias, mas falando sobre humanidade. O primeiro esboço do personagem pode ser visto abaixo, uma tirinha ainda sem arte-final ou balões e um desenho já finalizado. Logo poderão ser vistas tirinhas e histórias de uma página.

gerundio1

gerundesco-o-guri